Buscar
  • Rafaela Giozza

Desenvolvimento de projetos de A a Z (parte 2)

Você já se perguntou como é a execução de um projeto, quais tipos desenvolvemos ou o que entregamos em cada um deles? Se a resposta for sim, hoje vamos te ajudar a entender qual é a atuação do LINDS no processo de dar vida a sua ideia. Este texto é a segunda parte da série “Desenvolvimento de projetos de A a Z”, que tem como objetivo responder às suas principais dúvidas. Para ler a primeira parte, clique aqui.


Quanto custa um projeto?

O valor depende basicamente da complexidade do produto, da urgência e da maturidade da ideia. Algumas ideias de produto estão apenas na cabeça, outras já possuem um esboço no papel ou um protótipo, e há até aquelas ideias que já estão no mercado, mas precisam ser melhoradas para o lançamento de uma segunda versão. Você sabia que o LINDS oferece valores e condições de pagamentos mais acessíveis para empreendedores e startups visando auxiliar no empreendedorismo do país?


Qual nível precisa estar a ideia para começar um projeto?

Ajudamos a dar vida a ideias de todos os níveis, desde aquelas que ainda são um pensamento até as mais avançadas, em que já há até mesmo um protótipo. Se você ainda não sabe em qual fase está a sua, faça o teste “Eu tenho uma ideia de produto, e agora?”. Este material exclusivo e gratuito foi pensado para você ter um diagnóstico inicial da sua ideia e identificar quais são os próximos passos para tirá-la do papel. Para acessar, clique aqui.


Quais são nossas competências?

Por trás do estúdio LINDS existem dois Rafas. A Rafaela Giozza é designer e Diretora de Criação da casa e compõe o time LINDS desde 2018. É formada em design de produto pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e são nos projetos voltados à saúde e bem-estar que encontrou sua paixão. Nessa área, a Rafa já desenvolveu alguns projetos relacionados ao ambiente hospitalar, mais especificamente, à fisioterapia e enfermagem, como produto para auxiliar na manobra de prona e um encosto para realizar fisioterapia à beira do leito. Essas experiências permitem que o estúdio inicie trabalhos voltados ao setor da saúde com certa bagagem e conhecimentos técnicos a respeito.


O Rafael Torres é designer e Diretor de Operações do estúdio. Formado em técnico em plásticos pelo CEFET, ele também é graduado em design de produto pela UFRGS. Tem um perfil criativo e organizado, construído em 15 anos de experiência em pesquisa e desenvolvimento para indústrias de máquinas e eletroeletrônicos, nas áreas de engenharia e marketing de produto. Versátil, ele já ganhou prêmios de design de veículos e eletrodomésticos. Além deles, o LINDS conta com mais quatro designers incríveis, prontas para ajudar você a tirar seu projeto do papel.


Sobre projetos que já desenvolvemos:

O LINDS desenvolve projetos de produto e tudo aquilo que está relacionado a ele, como marca e embalagem, por exemplo. Ao longo destes 5 anos de experiência no mercado, já desenvolvemos produtos das mais diversas áreas, como:

  • Brinquedos;

  • Eletroeletrônicos: dispositivos de monitoramento e dispensadores automáticos;

  • Embalagens;

  • Máquinas e utensílios ferramentas: desde grandes máquinas agrícolas, estações de recarga de veículos elétricos, acessórios de pesca, entre outros;

  • Móveis;

  • Saúde e bem estar: produtos voltados para área médica, hospitalar ou uso próprio.

Alguns dos projetos que já desenvolvemos podem ser encontrados aqui e, caso o seu produto não se encaixe em nenhuma dessas áreas, não se preocupe. Entre em contato com a gente, que iremos avaliar se possuímos os conhecimentos necessários para atendê-lo.


Cliente participa ou só vê o resultado final?

Com o LINDS, é possível acompanhar do início ao fim o desenvolvimento da ideia, participar de cada tomada de decisão e aprender muito durante todo o processo. Também adoramos ouvir suas percepções e co-criar juntos a solução para a oportunidade que você identificou. Mas não se preocupe! Propomos encontros periódicos, presenciais ou a distância, e de acordo com a disponibilidade e interesse de cada cliente.

É possível fazer design à distância?

A resposta é sim! O estúdio LINDS ajuda a tirar ideias do papel de qualquer lugar do país e até de fora dele. Tudo isso é possível através de alinhamentos por videochamadas, recebimento e envio de protótipos pelos Correios e outras ferramentas. Apesar de remoto, temos disponibilidade de viajar até o cliente para encontros presenciais sempre que necessário.


Entre em contato com o estúdio LINDS aqui para juntos darmos vida a sua ideia.

33 visualizações0 comentário