• LINDS

VASSA: o inovador vaso sanitário que dispensa o uso de água

Atualizado: 19 de jul.

Hábitos e comportamentos do consumidor guiaram o projeto que já conta com protótipo e está em fase de viabilidade


A gente acredita que o design tem um papel fundamental na construção da sociedade, não só para agregar valor através do visual e da estética, mas como algo capaz de desencadear um processo evolutivo no modo de agir e de pensar dos indivíduos. O design de produto, por exemplo, serve para facilitar a rotina das pessoas e muitas vezes atende a um propósito maior, capaz de beneficiar até o meio em que vivemos, já que alguns projetos inovadores têm o poder de promover novos hábitos de consumo e até de vida!


Como sempre falamos por aqui, não existe nada que não possa ser redesenhado e muitas vezes esse processo de repensar um produto é acompanhado de diversos desafios que surgem por quebrar paradigmas. Por isso, hoje vamos mostrar detalhes do projeto VASSA, um vaso sanitário sem água que está sendo desenvolvido pela nossa equipe em parceria com as empresas MJA Arquitetura e Jodi Tecnologias. Acompanhe a leitura e descubra detalhes deste projeto.



(Re)pensar o novo

Pensar novas formas de se fazer algo já considerado trivial na vida das pessoas é um desafio, mas para a equipe do LINDS, cada projeto é encarado como uma meta que conquistamos através de muita pesquisa, trabalho em conjunto com o cliente e foco total na execução.


Sendo o VASSA um vaso sanitário sem água que utiliza a tecnologia de micro-ondas para desidratar os dejetos humanos com segurança e com o mínimo de odores (as informações completas sobre o projeto você encontra aqui), o LINDS precisou realizar um levantamento para identificar os principais hábitos e comportamentos dos consumidores quando o assunto é vaso sanitário.



Identificando hábitos e comportamentos

Todo o design do VASSA foi pensado para se assemelhar visual e ergonomicamente a um vaso sanitário comum, a fim de gerar identificação e atender às expectativas do público. Porém, ele representa uma inovação na forma como tratamos os dejetos humanos e, por este motivo, o VASSA traz desafios que vão além do design! Foi necessário um estudo sobre alguns hábitos de compra e comportamento para chegarmos ao projeto que já passou por diversas provas de conceito e se encontra atualmente na fase de fabricação do seu primeiro MVP (produto viável mínimo).


Ao iniciarmos o processo criativo e de definição do usuário, a pesquisa nos ajudou a descobrir o que as pessoas julgam como sendo fatores importantes no momento da compra de uma nova louça sanitária. Do total, 82% das pessoas buscam conforto e 72% primam pela facilidade de limpeza. O custo e o tipo de descarga aparecem com 63% cada, 59% acreditam que o design seja mais importante e 50% dos respondentes citou o tamanho como ponto de maior relevância.


No levantamento descobrimos também que 43% dos respondentes usa odorizador para melhorar o cheiro do ambiente e mais da metade (68%) se preocupa com a quantidade de água que é despejada no momento da descarga, ou seja, buscar formas de evitar o desperdício de água foi um ponto importante a ser considerado.




VASSA: sustentabilidade e inovação

Tratar os dejetos humanos direto na fonte e garantir economia de água com possibilidade de gerar renda com adubo a partir da matéria orgânica residual parece coisa de futuro, mas com o VASSA é possível! Isso porque os dejetos desidratados podem servir como fonte de renda para as famílias, reaproveitados por estabelecimentos ou recolhidos por novas empresas.


Considerando que o VASSA é capaz de desidratar e reduzir volumes sólidos em 85% e líquidos em 99,5%, além de neutralizar cheiros e contribuir com o meio ambiente, ele é um projeto inovador quem vem ao encontro das expectativas das pessoas que estão cada dia mais preocupadas em ter um modo de vida mais sustentável.


Sua empresa também busca inovar em seus produtos? Entre em contato com o estúdio LINDS aqui e dê o start no seu projeto!


18 visualizações0 comentário