Buscar
  • Rafaela Giozza

Os 05 erros mais comuns no lançamento de novos produtos

Atualizado: Fev 23

Imagine a seguinte situação: você passou vários meses planejando, investindo e desenvolvendo um produto inovador que as pessoas precisam conhecer. Quando finalmente chega o momento de lançá-lo para o mercado e você acredita que a jornada está chegando ao fim, a ansiedade de ver tudo acontecer faz com que se pule etapas importantes.


Este cenário é mais comum do que se pensa e compromete um dos momentos mais importantes desse processo! O lançamento do produto é uma das fases mais relevantes do seu desenvolvimento e não o final da jornada. Sabendo disso, listamos cinco erros bastante comuns na hora de lançar um novo produto para que você possa se preparar para quando esta etapa chegar.


01 - Não conhecer seu público

Saber para quem é o novo produto que você vai lançar é importante desde a fase de criação até o ponto de lançamento, quando são necessárias ações de comunicação e marketing assertivas. Não considerar o público-alvo em suas ações ou, pior ainda, considerar a audiência errada pode acarretar numa baixa aceitação do seu produto. Este erro pode levar a crer que é uma criação ruim, quando, na verdade, o problema está apenas no seu posicionamento.



Mais do que saber a faixa etária, gênero e onde mora, é preciso conhecer sobre a rotina, as preferências e os hábitos dessas pessoas. Esse tipo de análise pode ser feito através de questionários online ou presenciais, pesquisas, conversas ou mesmo através de observações.


Além de coletar esses dados, é sempre muito positivo deixá-los acessíveis e visuais, para que você possa revisitar a qualquer momento. Uma ótima ferramenta para esta tarefa é a criação de personas. Nela, você descreve um personagem fictício que traduza quem é o seu público. Você pode escolher uma foto, nome, idade, escrever sobre sua rotina, preferências e simular um cenário em que essa persona interaja com o seu produto.

02 - Não conhecer o mercado e os concorrentes

Uma das primeiras tarefas a serem feitas no desenvolvimento de um produto é a análise de mercado e de produtos similares. Com este tipo de análise em mãos, é possível enxergar oportunidades e o melhor posicionamento do produto que será lançado. Além disso, ao analisar objetos similares pode-se perceber soluções que deram certo ou características importantes que devem estar presentes no seu produto. Da mesma forma, também é possível identificar coisas que os usuários enxergam como ruins e evitar utilizar.


É muito comum as pessoas pensarem que quem chega primeiro no mercado tem mais vantagens. De fato, essa condição pode trazer alguns prós. Entretanto, quem chega depois pode aprender com os erros e acertos dos primeiros. Conhecendo o mercado e os concorrentes, encurta-se caminhos e você chega no lançamento do seu produto muito mais preparado.

03 - Só lançar quando estiver tudo perfeito


Um erro bastante recorrente na hora de lançar um novo produto é acreditar que ele ainda não está pronto para ser lançado. Já falamos dobre isso neste outro texto aqui e a verdade é que um produto nunca está pronto, mas sim em um contínuo processo de melhoria. Chega um momento do desenvolvimento do produto que ele precisa entrar no mercado para que as pessoas comprem, usem e retornem com feedbacks. Mas atenção: quando chegar nesta etapa, é importante manter um canal aberto para receber esses retornos e traçar um plano para novos lotes com os upgrades identificados.

04 - Não manter um canal de comunicação aberto com o cliente


Como vimos no item anterior, os usuários podem transmitir informações valiosas sobre o produto, especialmente durante o seu lançamento. Esses dados podem chegar facilmente através de um e-mail, por exemplo, ou de forma mais sutil, via padrões de consumo desse produto. É fundamental estar atento a elas, registrando e traçando planos para executar as melhorias percebidas. Além disso, nos lotes iniciais é recomendado deixar isso bastante claro ao cliente, informando que ele fará parte da construção do produto e como a percepção dele será valiosa para você neste processo.

05 - Querer recuperar o investimento logo no início


Para lançar um produto, além dos custos de projeto, é preciso investir em materiais, fabricantes, embalagens, marketing, entre outras coisas que envolvem o desenvolvimento, lançamento e pós venda. É comum acreditar que a apresentação do produto ao mercado é o final da jornada, que a partir de então o produto passará a trabalhar para você. Na verdade, a trajetória ainda está na metade do seu curso e é preciso seguir trabalhando e muitas vezes aplicando capital para se chegar no lugar que se deseja. Lançar sua ideia para o mercado requer muito trabalho e investimento financeiro. Mas o fato é que ver a vida das pessoas sendo melhorada através do seu produto é incrível e faz valer a pena.





46 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Rua Avenida Protásio Alves, 1022, Porto Alegre/RS - Brasil

Fale conosco | +55 (51) 3276.2601

Trabalhe conosco | Envie e-mail para design@linds.com.br

  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone LinkedIn

LINDS © 2021